Out 08

Depressa demais

Por trás do ar de anjinho barroco, de cabelo loiro e bochechas rosadas está a criatura mais ligada à corrente no meu universo de gente pequena. Não veio com on/off visível, nem com volume de som ajustável. Apanhasse eu esta carripana em andamento e pedia-lhe boleia na certeza de que alguma coisa na minha vida andava até 40 km/h. Sou tantas vezes atropelada pela velocidade daquela cabeça, pelos esses em perdigotos e pelas palavras caras postas no sítio certo que se me sai outro assim mudo-me para o campo onde só oiço passarinhos e os dias são comandados pelo abanar das folhas. Ah silêncio bom! 🙂
(bora aproveitar que só dura até ás 17h)

Pac_os_001

About the Author:


Leave a Comment!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *